Um pão com manteiga e um copo de leite

Um pão com manteiga e um copo de leite

Ora, com a inflação prevista, aumentos de todos os bens essenciais, aumentos da taxa de juro e rendas habitacionais, combustível e tudo mais que se paga, o Governo de mãos largas concede uma carcaça com manteiga e um copo de leite ao Policia.

O Governo decidiu rever os índices salariais em 2023 e valorizar os profissionais de Polícia, com uma compensação salarial extraordinária.

Pretende tapar o fosso da sucessiva desvalorização salarial dos profissionais de Polícia que levou à falta de candidatos para ingressar na PSP.

O Governo preocupou-se, pensou na inflação, na subida das taxas de juro dos créditos habitação e nos valores astronómicos das rendas habitacionais, contemplando para os profissionais de Polícia um aumento extraordinário, em orçamento de estado para 2023.

O Governo preocupou-se e no Orçamento de Estado de 2023 põe em cima da mesa, para os Polícias uma carcaça com manteiga e um copo de leite por dia, consumando assim, e finalmente, a valorização salarial dos Polícias, dignificando assim a profissão Polícia, alçando a atratividade, ao ingresso de novos profissionais.

 

 

 

Sim, o Governo em 2023, insta alimentar o profundo défice dos profissionais de Polícia, com uma carcaça com manteiga e um copo de leite por dia, mas tem de ser comprado no supermercado, não pode ser adquirido num café, pois o valor de aumento mensal que é posto em cima da mesa, não chega para comer num café.

Ora, uma grande quota do efetivo encontra-se a trabalhar em Lisboa e desses a maioria tem a sua família a mais de 50 km do local de trabalho, não recebem qualquer tipo de suplemento ou subsídio de deslocação e dormem ou em camaratas sem condições de confeção de alimentos, ou em casas alugadas e partilhadas, pagando rendas à moda do distrito de Lisboa.

O subsídio de refeição sobe de 4.77 para 5.23 cêntimos por dia, cerca de 10 euros mês, o vencimento cerca de 52 euros brutos mês, mais cerca de 10 euros brutos a mais no suplemento das forças e serviços de segurança (compensação paga pelo regime de exclusividade, isenção de horário e disponibilidade permanente), totalizando um valor total de aumento bruto de cerca de 75 euros que após descontos legais (IRS, CGA/SS, SAD-PSP e SSPSP) contempla o valor líquido, o que se leva para casa para pagar as contas, cerca de 50 euros, desconhecendo-se ainda, como se vai concretizar a revisão dos escalões de IRS, em 2023.

Ora, com a inflação prevista, aumentos de todos os bens essenciais, aumentos da taxa de juro e rendas habitacionais, combustível e tudo mais que se paga, o Governo de mãos largas concede uma carcaça com manteiga e um copo de leite ao Policia.

O Governo oferece para 2023 uma gracinha sem graça e mostra publicamente, mais uma vez, o quanto valoriza os profissionais de Polícia, profissionais de segurança publica, profissionais cruciais num estado de direito democrático.

Mais do mesmo, marketing de habilidade governamental, muita parra e pouca uva.

 

 

Localização

Não disponível

  • Tipo: Outros

Exportar para PDF

Contacto